terça-feira, junho 19, 2012

Como financiar sua casa própria.



Amo esse blog!!!
É um verdadeiro vício. Qto mais eu escrevo, mais quero escrever.

É legal qdo vcs sugerem temas, como a Mari sugeriu essa questão do financiamento da Caixa! Realmente, qto mais eu me envolvo com essa questão, mais vejo que existem mtas coisas que eu não sabia. É legal poder dividir isso com vcs.



Falando sobre o tal financiamento da Caixa, a gente vê as propagandas e acha que qualquer um pode sair financiando qq coisa em qq preço, com juros baixissimos e não é bem assim....

Três meses...
Qdo a nossa consultora nos enviou a listagem dos documentos necessários, eu choquei. A lista tem no próprio site da Caixa. Mas, resumindo, além dos documentos pessoais, precisa da tua vida financeira nos últimos três meses. Três meses, pessoal, atenção pra quem pretende financiar. Coloquem sua vida em ordem daqui pra frente. Precisa de três meses não só de comprovação da renda que vc declara, como tb de todas as contas que vc paga.

São um conjunto de informações que devem fechar: imposto de renda, comprovante de renda mensal e as suas despesas. A orientação da consultora é de que, se vc está procurando um imóvel pra financiar, fique atento nas suas despesas de cartão de crédito. A caixa não vai financiar se achar que vc não tem capacidade de pagamento pq tem um monte de prestações para vencer no cartão de crédito, por exemplo, ou se gasta 80% da sua renda pagando as despesas da casa.

E os autônomos?
Fica fácil pra quem recebe salário, mas complica um pouco a vida dos trabalhadores autônomos, como nós, Mari. A Caixa exige que a renda que consta no pro-labore da sua empresa passe pela sua conta-corrente (que eles tb pedem os extratos dos últimos 3 meses) e mtas vezes a gente não faz isso até pra pagar menos taxas de bancos. Se vc não possui empresa, acho que esse cuidado tb vai ser exigido: o que vc disser que ganha deve estar demonstrado nos extratos de sua conta-corrente.

Ah, eles cuidam mto tb a questão do imposto de renda. Se vc declarar que ganha mais do que R$ 1.900,00 por mês como autônomo, tem que apresentar o comprovante de pgto do imposto de renda na forma carnê-leão e pago em dia. Eles não aceitam se pagamento for retroativo. E eu não costumava pagar dessa forma. Fazia o IR todo no fim do ano, pq, no carnê-leão, as hipóteses de dedução são mais baixas. Lógico que, no final, deve vir a tal restituição, mas eu não quero pagar hj pra ser restituída amanhã. Quero pagar o mínimo possível. Mas, enfim, vou ter acertar isso tb.

No final, apresentada toda a documentação, eles ainda te fazem preencher um questionário avaliando a tua saúde. Se tem doenças, deficiências, se tá em tratamento de alguma coisa, peso, altura, e mil e uma outras coisas. Fiquei impressionada com isso tb, mas acho que até faz algum sentido, já que tudo isso interfere na capacidade de pagamento da pessoa.

Como vcs podem ver, no meu caso, tive alguns problemas, mas acho que o namorido salva. hehehe

E vale a pena financiar?

Mas, sabe, acho que a questão do financiar ou não vai mto além da documentação do financiamento. O meu novo guru, Gustavo Cerbasi, diz que financiamento é sempre ruim, pq, por menor que seja o juro, vc sempre vai pagar mto mais do que o valor financiado. Ele diz que os juros devem ser usados a nosso favor. Como assim? Na hora de alugar, aluga um apê bem mais luxuoso do que aquele que a gente se disporia a comprar financiando. Ele sugere que vc alugue um apartamento similar aquele que vc compraria. O aluguel provavelmente vai ser mais barato que a prestação do financiamento ( segundo ele o aluguel jamais vai passar de 10% do valor do imóvel) . Então, vc pega a diferença e investe, para comprar o imóvel à vista ou financiando o mínimo possível.



Achei que ele tem razão nisso. No meu caso, a casa que eu vou comprar vale R$ 65.000,00. Considerando os alugueis da minha cidade, o aluguel dessa casa sairia uns R$ 300,00. A prestação do financiamento vai sair em torno de R$ 600,00. Eu teria metade do dinheiro investido todos os meses. Mesmo na poupança, o rendimento seria bom. Só não desisti do negócio pq nós já tínhamos dado a palavra. Eu considero isso importante.

Só achei que meu guru deu uma deslizada na parte dos investimentos. Ainda fiquei em dúvida sobre qual investimento seria bom. Ainda bem que, como mencionei antes, não cheguei nessa parte da minha vida financeira. Tenho mais um tempinho pra pensar no assunto.

Acho que isso é tudo, Mari. Se ainda quiser saber alguma coisa, pergunte e eu vejo se consigo te responder.

Espero que outras pessoas tb aproveitem o post.
Beijinhos,
Paula
Quer receber posts como esse? Inscreva seu e-mail:


Delivered by FeedBurner


Comentários
14 Comentários

14 comentários :

  1. Gostei muito do seu post, bem explicativo...

    Eu resolvi construir minha casa em cima da casa da minha mãe, mas pretendo ficar no máximo 10 anos nessa casa...

    Provavelmente vou financiar um imóvel daqui uns anos e vou me preparar para isso...

    Valeu pelas dicas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Drinha! Tua decisão de construir em cima da casa da tua mãe vai te possibilitar economizar um pouquinho mais e dar uma boa entrada no teu imóvel novo!!!
      Que bom que tu vai aproveitar o post!!!
      Beijinhos,
      Paula

      Excluir
  2. Adorei o post! Obrigada!

    Isso que você falou só me deixa mais confiante, porque eu já tinha lido sobre isso de ficar alugando e guardando dinheiro.

    Nossa, eu achei os preços que você mencionou muito baratos! É isso mesmo? Uma casa custa 65 mil? Aqui qualquer coisa custa no mínimo 100 mil (preço de casa velha e mal localizada!). Mas a média mesmo é uns 200 mil, para viver com um pouco de conforto. E pra comprar um apartamento novinho é mais de 350 mil!

    Moro numa kit, bem pequena, e já pago quase mil de aluguel. Será que consigo botar esse plano em prática? :(
    Ou então eu me mudo pro interior! rsrs

    Bjoo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari.
      Que bom que tu gostou do post!!! Ficamos felizes em poder ajudar.
      Os preços são esses mesmo. Eu moro no interior e os valores são mais baixos. Ainda assim, eu peguei um preço mto bom. E a casinha não é mto grande tb. Pretendemos aumentar ao longo do tempo.
      O Gustavo Cerbasi diz que qualquer um pode enriquecer (e isso inclui comprar a casa própria). Eu já acho que colocar o plano em prática depende de um bom planejamento. Balançar o teu salário, teus gastos, economizar e investir bem. Essa é a fórmula. Falando assim, parece fácil, né? E até é pra quem tem mto autocontrole e persistência.
      Pra mim, vai exigir um certo treinamento. Mas eu e tu conseguiremos. Tenho certeza!
      Beijinhos,
      Paula

      Excluir
  3. Oi Thaís , antes de tudo obrigada pela sua presença sempre no meu cantinho, como vc viu estou numa maré alta de acontecimentos ruins ou bons não sei como posso ver apenas sei que estou vivendo... Quanto ao financiamento da casa eu acho que é uma boa sabe porque? Nada é mais gratificante do que um cantinho para chamar de seu,desta forma não tem aquela coisa ruim de ficar mudando de casa porque o proprietário pediu e tudo o mais paga-se caro mas lá na frente a tua vida muda ai vc encontra uma nova forma de ganhar mais dinheiro e vai lá no Gerente e quita tuuuuuuuuuuudo amortecendo os juros e tudo mais...é minha opinião entende porque eu vejoo aluguel como um dinheiro jogado ao lixo, pelo menos o financiamento nos obriga a depositar e automaticamente guardar porque se lá na frente queira se desfazer do imóvel ele tem um saldo devedor ok mas tb tem um saldo credor que conta muito na hora da negociação, é tipo uma poupança forçada , quando se tem tempo para esperar um pouco mais uma opção também é o consórcio porque se vc é comtemplada terás o dinheiro em mão para comprar a vista com um bom desconto embora o financiamento e prestações continuarão, mas se não tem o dinheiro agora qualquer coisa é válida para se ter um cantinho só seu... Quanto ao meu comportamento com meu marido a cumplicidade, no início foi difícil mas depois e uns anos de casados vimos que unir as forças e nos entender noque se refere a dinheiro é bem mais gratificante porque eu passei a me controlar mais com os gastos e ele tb, não gastamos mais com suplérfluos entende e ninguém controla o outro cabe a cada um ter consciência, conta conjunta ajuda muuuuuuuuuito... bjs Dani

    ResponderExcluir
  4. Oi, Dani!
    Eu tb concordo com vc. Aluguel é dinheiro totalmente jogado fora. Mas pagar duas ou mais vezes o valor do seu imóvel num financiamento tb é. Ainda assim, eu acho que o plano de morar de aluguel e economizar só vale qdo o valor do aluguel for bem mais baixo que seria o da prestação, pois isso possibilitaria uma boa economia e investimentos.
    Mas cada caso é diferente e essa diferença deve ser considerada na hora de decidir.
    Boa sorte na casa nova!!!
    Beijinhos,
    Paula

    ResponderExcluir
  5. so sei que to desanimando desse financiamento,essa papelada me tira do serio to torcendo pra não passar na entrevista da caixa.pra não precisar pagar multa pro vendedor pois ja assinei o contrato.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Anna!
    Eu sei bem como é isso. Até hj ainda não saiu nosso financiamento... Mas andamos estudando outras opções de bancos para financiar nossa casinha e vimos algumas opções bem animadoras. Já temos até uma segunda opção meio engatilhada.
    Pq vcs não dão uma olhada em outros bancos tb?
    Mas não desista do seu sonho.
    Beijinhos,
    Paula

    ResponderExcluir
  7. Parabéns gostei do post me incentivou a me mudar pra um aluguel mais barato e poupar o restante.

    ResponderExcluir
  8. Obrigada, Neemias.
    Que bom que vc gostou. Volte sempre!
    Beijinhos,
    Paula

    ResponderExcluir
  9. Gostei da publicação. Quando decidimos, eu e meu esposo, sair do aluguel, levamos mais ou menos uns 6 meses, entre conseguir a carta e finalmente escolher o apto. Foi o melhor negócio de nossas vidas. Pagar aluguel é jogar dinheiro no bolso alheio, literalmente. De 2 em 2 anos, pegamos nosso FGTS e abatemos do valor total da divida. Resultado: Compramos em 15 anos, mas vamos levar menos da metade desse tempo para quitar. Qualquer dinheiro extra, abatemos na divida. Deixo esse dica.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Luciana!
    Que bom que vc gostou do post!
    A tua dica é ótima! Ir quitando antes do vencimento diminui os juros tb.
    Beijinhos,
    Paula

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo artigo, bem detalhado.

    Jeane Braga,
    http://www.financiamentoscaixa.net/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc gostou, Jeane.
      Volte sempre pra conferir as novidades.
      Beijinhos,
      Paula

      Excluir

Adoramos saber o que você pensa! Compartilha com a gente!